O EuConcordo.com foi citado pela Revista Superinteressante ;)

Um abaixo-assinado virtual tem o mesmo efeito dos de papel e caneta? Leia a resposta na Revista Superinteressante  

ASKING TARGETTED INDIVIDUALS TO TAKE PARTE IN AN INTER-AMERICAN COURT OF HUMAN RIGHTS CASE BY PEREIRA


cidhdenuncias@oas.org / INTER-AMERICAN COURT OF HUMAN RIGHTS,



http://euconcordo.com/peticao/2392/targetted_in...

Estados AUTORITÁRIOS utilizam a MEDICINA como forma de REPRESSÃO. Quando o Estado é AUTORITÁRIO, qualquer COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS que se encontre inserida neste ESTADO será, em maior ou menor grau, desprezada, quer dizer, os funcionários públicos deste ESTADO AUTORITÁRIO não irão querer comparecer nestas comissões de direitos humanos para prestar esclarecimentos sobre ABUSO DE AUTORIDADE e o cidadão que TESTEMUNHAR para esta comissão de DIREITOS HUMANOS será cedo ou tarde REPRIMIDO por ter tido a AUDÁCIA de abrir um CASO nos DIREITO HUMANOS, e como o ESTADO É AUTORITÁRIO, o cidadão nunca será ouvido, será SUMARIAMENTE descartado como DOENTE MENTAL se insistir em ser ouvido, ou simplesmente IGNORADO com um SER INFERIOR COM MENOS DIREITOS, esta situação está ocorrendo com o Senhor Antonio Pereira e 69 outros cidadãos Brasileiros que assinam esta petição e está ocorrendo, igualmente, com milhares de outros cidadãos e cidadãs em todo o mundo. O senhor Pereira não poderia, em sua condição indivídual, representar aqueles outros milhares de seres humanos e, contudo, não poderia deixar de dar-lhes atenção, porque sendo um CASO JURÍDICO uma TESE, essa consiste sempre em duas partes, a objetiva e prática, que é o processo que se discutirá no Caso a ser apresentado pelo Senhor Pereira, e sua extrapolação, sua maior abrangência, a qual poderia englobar milhares de pessoas; essa segunda parte da TESE, que o Senhor Pereira não poderá nem provar, nem discutir objetivamente em seu Caso, porque dependeria de cada uma das milhares de pessoas individualmente apresentarem seus depoimentos especificos e com documentação, será o pano de fundo do arrazoado a ser apresentado pelo Senhor Pereira, o qual começará apresentando seu Caso que é prático e objetivo para, em um segundo momento, provar que, por extensão, a TESE DE AUTORIA DE DELITO, se bem analisada pelos peritos, poderia abarcar não somente os 69 Brasileiros que assinam esta petição, senão que abarcaria MILHARES DE PESSOAS no mundo todo, pessoas as quais o Senhor Pereira, estará convocando, através desta petição, caso queiram endorsá-la. Neste sentido, pediria que a COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS acrescentasse ao Caso que está sendo apresentado pelo Senhor Pereira, todos os Cidadãos e Cidadãs Brasileiros ou estrangeiros, aqueles de outras nacionalidades que enviarem essa mesma petição por e-mail em apoio a Tese que o Senhor Pereira estará apresentando porque, repito, a situação que está sendo apresentada pelo Senhor Pereira não afeta apenas a ele como indivíduo, afeta, outrossim, em uma perspectiva mais ampla, todas os países das Américas e todo o Planeta Terra. A violação dos Direitos Humanos que estaremos se trata da PERSEGUIÇÃO POLÍTICA, quando o ESTADO viola o ARTIGO PRIMEIRO DA CONVENÇÃO INTER-AMERICANA DOS DIREITOS HUMANOS, e estaremos PROVANDO essa violação examinando o PROCESSO ( ___________________) . Nesse processo o Juiz se posicionou POLITICAMENTE, expressando em sentença uma crença pessoal sua, desconsiderando a Lei. O prejudicado, o Senhor Pereira não teve o direito de retificação ou resposta, porque o TRIBUNAL FEDERAL DA QUARTA REGIÃO ( TRF4 /Tribunal Regional Federal da 4ª Região: Rua Otávio Francisco Caruso da Rocha, 300 Centro Administrativo Federal - Bairro Praia de Belas CEP 90010-395 - Porto Alegre - RS ) não permitiu que as informações inexatas e ofensivas utilizadas pelo Juiz fossem corrigidas, então o TRF4 explicitamente violou o Artigo 14, parágrafo um da CONVENÇÃO; essa violação se agrava porque um segundo Juiz (____________________) deste mesmo TRF4 se utiliza de uma ACUSAÇÃO CRIMINAL contra o Senhor Pereira, afirmando que o Senhor Pereira havia cometido o CRIME DE CALÚNIA contra o referido primeiro Juiz, uma afirmação falsa, já que não houve CALÚNIA, o Senhor Pereira chamou o Juiz de MAFIOSO e SEM-VERGONHA, porque o ADVOGADO DO PROCESSO, o Senhor Andrio Portuguez Fonseca ( OAB _) declara para a vítima, o Senhor Pereira, dentro do tribunal TRF4, que o JUIZ havia fraudado o processo, e que o Juiz era um vagabundo e um sem-vergonha, e porque o referido Juiz é tão corrupto que some até com o nome do Advogado no curso do processo, o Senhor Pereira fica sem advogado e nos autos do processo, o Juiz age de tamanha má-fé pública que desaparece com qualquer evidência sequer que o Advogado Andrio Portuguez Fonseca tenha existido; o senhor Pereira tendo sido negado o direito à Justiça, tem que ficar dia e noite procurando alguma autoridade do Estado que pudesse resolver a situação de injustiça gerada pelo TRIBUNAL TRF4, e o senhor Pereira apenas repetia e continua repetindo para todas as autoridades aquilo que o Advogado disse, que o Juiz era um mafioso, um vagabundo e um sem-vergonha, portanto em nenhum momento houve qualquer calúnia, houve apenas o relato da informação passada pelo Advogado, mas como o caso é de PERSEGUIÇÃO POLÍTICA, os dois juízes do TRF4 já mencionados se coordenar para SILENCIAR a vítima, o Senhor Pereira, o qual é falsamente acusado de ser um CALUNIADOR, o que é mentira, é ELIMINADO DEFINITIVAMENTE NO PRESÍDIO INSTITUTO PSIQUIÁTRICO FORENSE MAURÍCIO CARDOSO através de INTERDIÇÃO COMPULSÓRIA contra a vontade da família do Senhor Pereira, família a qual teve também seus DIREITOS HUMANOS violados nessa PERSEGUIÇÃO POLÍTICA, onde a vítima, o Senhor Pereira, foi privado de sua liberdade através de INTERDIÇÃO FRAUDULENTA e ficou constantemente sob a tortura de que sofreria LESÃO CORPORAL (medicação dopante forçada goela abaixo) se insistisse em usufruir do DIREITO POLÍTICO de discordar do veredito inexato, incorreto, ofensivo e fraudulento expedido pelo TRIBUNAL, no qual dois jUIZES impõe sua visão política pessoal de que o conceito de PROPRIEDADE INTELECTUAL, imaterial deva ser abolido e que, portanto, o Senhor Pereira não teria sequer o DIREITO de defender a IDEIA POLÍTICA de que a PROPRIEDADE IMATERIAL, INTELECTUAL deva ser preservada e que leis que a protejam sejam aplicadas quando se lhe é pedido que seja aplicada a Lei. O senhor pereira foi então SILENCIADO e viveu sob esse pesadelo da ameça e da tortura por mais de 13 anos, em meio a PERSEGUIÇÃO POLÍTICA do ESTADO contra a sua pessoa, e cansado de ter os seus direitos violados de forma crescente, conforme o que diz a Lei, escreveu uma petição para pedir o LEVANTAMENTO DA INTERDIÇÃO, contudo como provam os documentos oficiais do ESTADO ( ____________ ), o estado decidiu pela permanente violação dos direitos humanos e a mais compleata exclusão do Senhor Pereira da socieade Brasileira; tendo,portanto, conforme provam os documentos o Senhor Pereira esgotado qualquer chance de acesso à justiça, recorre o Senhor Pereira à Comissão Inter-Americana de Direitos Humanos com vias que a Corte exija o levantamento da interdição do Senhor Pereira, reexaminando o processo a fim de que seja provanda a Fraude judicial cometida no processo __________ e, portanto, permitindo que o Senho Pereira seja indenizado e reintegrado a sociedade com seus Direitos Políticos restituídos. A parte PRÁTICA da TESE DE AUTORIA DE DELITO, tendo sido explanada, vamos analisar a segunda parte, que é a evolução do CRIME DE VIOLAÇÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL ( PROCESSO _______________ ) QUE SE DÁ NO PAPEL, A REPROGRÁFIA CLANDESTINA, PARA UM MODELO FUTURO, ONDE A TECNOLOGIA DE CÓPIA DA PROPRIEDADE IMATERIAL ESTARÁ COPIANDO EM TEMPO REAL ATE O D.N.A HUMANOS E AS FUNÇÕES FISIOLÓGICAS REMOTAS DO CORPO humano via satélite, através da tecnologia do Laser em frequêcia invisível, o chamado MASER. Se o Estado não respeita nem o direito à PROPRIEDADE INTELECTUAL NO PAPEL, porque esse roubo é bilionário, será que esse mesmo Estado irá respeitar a Propriedade Imaterial Cibernética, que é trilionária, serão triliões de dólares a serem roubados, quando a TECNOLOGIA MASER for finalmente reconhecida? Todos os dias, no mundo todo, pessoas reclamam que estão sendo COPIADAS, que estão sofrendo um fenômeno chamado de TELEPATIA SINTÉTICA, que é uma distração que a pessoa sofre ao ser COPIADA e estas pessoas que estão tendo o seu PATRIMONIO IMATERIAL CIBERNÉTICO copiado, roubado, são sumariamente descartadas como ESQUIZOFRÊNICAS ao tentar relatar que estão sendo subtraídas de seu pratrimônio imaterial sem o devido pagamento, e estas pessoas, de um modo muito similar ao caso do Senhor Pereira, sofrem PERSEGUIÇÃO POLÍTICA por quererem ser ouvidas em defesa da PROPRIEDADE IMATERIAL, infelizmente estas pessoas, os chamados TI’s ( TARGETTED INDIVIDUALS ) são o mais das vezes INTERDITADAS e excluídas da sociedade por ESTADOS AUTORITÁRIOS, os quais, em nossa TESE DE AUTORIA DE DELITO, se aproveitaram desta EVOLUÇÃO DO CRIME DA REPROGRAFIA NO PAPEL, TER EVOLUÍDO PARA O CRIME DA CÓPIA EM TEMPO REAL DA PROPRIEDADE IMATERIAL DIRETAMENTE DO CÉREBRO E FUNÇÕES FISIOLÓGICAS REMOTAS; se no caso concreto do Senhor Pereira, o Estado utilizou-se dos códigos médicos F22 E F4 para eliminar o Senhor Pereira; no segundo caso, o qual estamos analisando apenas teoricamente, os médicos tem-se utilizado da fraudulenta emissão do CID Esquizofrenia, quando, em verdade, o cid correto seria o F99 com pendencia para W90.0XXA; então nos dois casos, no caso concreto a ser apresentado pelo Senhor Pereira e no caso teórico, em ambos o ESTADO AUTORITÁRIO tem que se utilizar de MÉDICOS CORRUPTOS que irão, através de má-fé pública, aplicar a medicina para a VIOLAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS; sendo a situação descrita pelo Senhor Pereira algo que afeta as Américas e ao Planeta Terra como um todo, o Senhor Pereira pediria à COMISSÃO que a Courte disponibilizasse peritos médicos e peritos ( THE PETITION IS 90 PAGES, IT DOES NOT FIT IN HERE FOR LACK OF SPACE, ITS INITIAL PAGES FOLLOWS HERE: https://livroaserpublicado.blogspot.com/2019/07... ).

Assinado, Associação Brasileira das Vítimas de Armas Cibernéticas


Faça uma doação HOJE!


Se cada pessoa que acessa o EuConcordo.com doasse apenas R$ 2,00, nós não precisaríamos fazer este apelo.

O EuConcordo.com é mantido gratuitamente, mas os custos existem. Pedimos que todos façam sua parte e mantenha esta causa VIVA.

Meta do mês

Comentários não funcionam como assinatura, mas sim como um complemento para divulgação da petição.

Assinaturas são consideradas válidas após sua devida

Você deseja continuar a assinatura sem preencher um comentário?
Parabéns! Você se tornou signatário deste abaixo-assinado.

Últimas assinaturas

  • Maurilio Leme assinou o abaixo-assinado #2495
  • Alessandra dos santos Bambirra assinou o abaixo-assinado #1551
  • Debora Menezes assinou o abaixo-assinado #2495
  • DIEGO SOARES DUARTE assinou o abaixo-assinado #2495
  • Silvia Cristina Medeiros assinou o abaixo-assinado #2495
  • Andreia Lucinda assinou o abaixo-assinado #2498
  • Thalita Carvalho de Melo assinou o abaixo-assinado #2498
  • Adriana correia assinou o abaixo-assinado #2498